Pintor é preso suspeito de estuprar quatro sobrinhas em Nísia Floresta, RN


Um pintor de 44 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (12/06) suspeito de ter estuprado quatro sobrinhas dele na cidade de Nísia Floresta, na Grande Natal. As vítimas são todas irmãs. Duas são crianças, hoje com 9 e 10 anos, e as outras duas adolescentes, gêmeas, de 15 anos. 

Segundo o delegado Marcelo Aranha, que conduz as investigações, o homem foi detido por força de um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. "Ele nega tudo", acrescentou. 

Ao G1, o delegado contou que os estupros vinham ocorrendo desde 2017, quando a família se mudou de Santa Cruz para Nísia Floresta. "A mãe e o pai das meninas se separaram. Então ela e os filhos, que são seis ao todo, se mudaram para Nísia. E o tio foi junto. Foi quando ele começou a abusar sexualmente das sobrinhas", revelou. 

Os outros dois irmãos das vítimas, um menino e uma menina, também ouvidos pelo delegado, negaram ter sofrido abuso por parte do tio. 

"O pintor está preso e ainda hoje será encaminhado para o sistema prisional", finalizou o delegado. 

O Código Penal Brasileiro caracteriza estupro de vulnerável quando comprovada conjunção carnal ou prática de ato libidinoso com menor de 14 anos de idade. Para estes casos, a pena é de 8 a 15 anos de prisão.

G1 RN
Compartilhe no Google Plus