“É o Tchan” encerra Festa de Agosto em Areia Branca


O grupo baiano encantou o público de várias gerações com suas músicas e coreografias. E nesta quinta-feira (15) ocorre a procissão marítima em celebração a Nossa Senhora dos Navegantes

O encerramento da programação sociocultural da festa em homenagem à padroeira de Nossa Senhora dos Navegantes em Areia Branca aconteceu com muito estilo, pagode e swing na noite desta quarta-feira (14) Os baianos do É o Tchan, liderados por Beto Jamaica e Compadre Washington com mais de 25 anos de estrada, colocaram todo mundo para dançar junto ao palco montado no Largo da Salinésia, com um repertório que contava com os sucessos que alavancaram o grupo durante a década de 90 para a projeção nacional e internacional.

Toda a energia contagiante do grupo foi precedida pela apresentação do grupo da terra Koisa Nossa, já conhecido por seu ritmo e gênero na região, abrindo a última noite da Festa de Agosto.

“Vai ser uma festa muito bacana, e a gente agradece a todos que vieram. Vamos cantar nossas músicas antigas e as novas também, para deixar a cidade de perna bamba!”, declarou com muito bom humor o vocalista Beto Jamaica. A animação e a irreverência do grupo tomaram o público de arrebato a noite toda, fazendo valer a promessa do vocalista. O carisma inconfundível dos baianos se fez ainda mais presente no momento que chamaram pessoas da multidão para subir ao palco e dançar com eles, fechando o ciclo de dez dias de resgate da Festa de Agosto.

EMOÇÃO

Entre o intervalo de apresentação da banda local Koisa Nossa e É o Tchan, membros e organizadores da Fundação Areia Branca de Cultura homenagearam o ex-presidente do órgão Aldemir Seixas, falecido na última terça-feira (13), em meio ao seu aniversário de 54 anos. A comoção era devida, graças aos anos de luta e de esforço de Aldemir pela cultura de Areia Branca, inclusive, na realização da Festa de Agosto 2019.

SEGURANÇA

A Festa de Agosto se destacou também pelo índice mínimo de violência na cidade. O evento contou com segurança privada, além da Guarda Municipal que está atuando permanentemente nas ruas juntamente com a Polícia Militar. A gerência de Segurança também firmou parcerias com a Polícia Rodoviária Estadual e com a Companhia Independente de Proteção Ambiental onde todas as noites oito homens e duas viaturas prestam serviço em Areia Branca, somando mais de 70 homens fazendo a segurança da população e da cidade

ACOLHIMENTO AO PEREGRINO

Com o encerramento social da Festa de Agosto, em homenagem à padroeira de Nossa Senhora dos Navegantes, acontece nesta quinta-feira (15) a procissão marítima em celebração a padroeira dos marítimos.

Centenas de peregrinos de várias regiões do Rio Grande do Norte e de outros Estados chegam em Areia Branca desde o início da manhã para participar da tradicional procissão, conhecida como uma das maiores do Brasil.

Em Areia Branca, 15 de agosto é feriado municipal e, como isso, equipes de voluntários da Prefeitura estão recepcionando os peregrinos oferecendo alimentação, espaço para banho, acomodação com profissionais de saúde realizado atendimentos como medição da pressão arterial e teste glicêmico.

“As pessoas estão satisfeitas, felizes com o nosso atendimento. Os servidores da Prefeitura de Areia Branca estão se colocando de prontidão para ajudar ao próximo numa atitude de solidariedade e amor ao próximo”, disse o secretário de Assistência Social, Francisco Jânio, responsável pela coordenação das equipes de acolhimento aos peregrinos.

TRADIÇÃO

Há mais de cem anos, Areia Branca se cobre de fé e alegria para Festa de Agosto, como é conhecida a maior e mais tradicional comemoração católica do município em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes, que não é sua padroeira, mas é a protetora dos seus mares e marítimos.

São 10 dias de atos religiosos, manifestações culturais, artísticas e festivas que reúnem filhos, moradores e um número crescentes de visitantes, levando espontaneamente o evento para o calendário turístico do estado, que vem atravessando um resgate nos últimos anos, após ter sido deixada de lado pelo poder municipal durante muito tempo. Em 2017, porém, ela foi resgatada com força e a cada ano vem sendo aprimorada com pesquisa histórica, formação cultural e representação artística.

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA

13:30 horas – Embarque dos peregrinos
15:30 horas – Embarque da imagem de Nossa Senhora dos Navegantes na procissão marítima
17 horas – Procissão terrestre até a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes
19 horas – Missa da Festa
Compartilhe no Google Plus