Governadora entrega nova Central do Cidadão em Assu


Os serviços públicos vão ficar mais acessíveis aos moradores de Assu e região a partir desta quarta-feira (16), com a inauguração da nova Central do Cidadão, com a participação da governadora Fátima Bezerra. Amplamente renovado, após reforma feita pelo Governo do Estado, espera-se que o equipamento ultrapasse os 17 mil atendimentos por mês. Os investimentos somam quase R$ 2,3 milhões em obras e equipamentos, através do Projeto Governo Cidadão, com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

A unidade está dentro do padrão do Programa de Atendimento ao Cidadão, da Secretaria de Estado da Administração (Sead), e segue um modelo de gestão com foco na eficácia dos serviços prestados, promovendo conforto para os funcionários e dignidade no atendimento ao usuário.

Além de emissão de RG e CPF, a Central vai fazer o cadastro de aposentados do Estado e prova de vida; acordos e conciliações, cadastramento de trabalhadores para empregos, intermediação de mão de obra para empresas, atendimento ao seguro desemprego, entre outros serviços. A estimativa é atender moradores também de Angicos, Lajes, Ipanguaçu, São Rafael e Espírito Santo.

O Rio Grande do Norte está ganhando, no total, 16 novas Centrais do Cidadão com sedes próprias para dinamizar e garantir mais conforto aos usuários, além da reforma de outras seis. Todas com intervenções que obedecem a um modelo de gestão que visa a uma maior eficiência dos serviços prestados.

GOVERNO CIDADÃO - INVESTIMENTOS EM ASSU:

O Governo do RN, via Governo Cidadão e Banco Mundial, está investindo R$ 27,1 milhões em Assu. Aqueles que já foram concluídos somam R$ 1,1 milhão, e foram aplicados em: capacitação, estruturação do Conselho Municipal, infraestrutura tecnológica para delegacia, Projetos de Inovação Pedagógica (PIPs), implementação de um subprojeto de acesso à água e outro de inclusão produtiva, e adequação da rede materno infantil do Hospital Regional Nelson Inácio do Santos. 

Os investimentos em execução totalizam R$ 26 milhões e incluem quatro projetos de acesso à água (R$ 1,5 milhão); reforma e ampliação da Escola Estadual Tenente Coronel José Correia (R$ 3,6 milhões); três projetos de inclusão produtiva (R$ 10,8 milhões); construção de Central do Cidadão (R$ 2,250 milhões). 

E como estratégica de desenvolvimento para o Estado, assegurando o uso sustentável dos recursos naturais integrado com as potencialidades econômicas existentes em cada setor da bacia do Piranhas-Açu, está sendo investido R$ 72 mil em ações para o Macrozoaneamento. Com isso será possível a implantação de planos, obras e atividades públicas e privadas enquadradas nos padrões de sustentabilidade e qualidade ambiental.

Foto: João Vital
Compartilhe no Google Plus