Brasil conquista 10º ouro no Mundial de Atletismo, em Dubai

Paulista Alessandro Rodrigo estabeleceu o novo recorde mundial no lançamento de disco da classe F11 (cegos) e sagrou-se bicampeão mundial. O Brasil já coleciona 26 medalhas em sete dias de competição

O paulista Alessandro Rodrigo conquistou o ouro e bateu o recorde mundial do lançamento de disco da classe F11 (cegos), essa foi a décima medalha dourada da campanha brasileira no Mundial de Atletismo em Dubai. A prova foi realizada na madrugada (no Brasil) desta quarta-feira, 13, sétimo dia de competição no Dubai Club for People of Determination. A Seleção Brasileira conta com 43 competidores entre os 1.400 inscritos de 120 países no Mundial de Dubai, que segue até esta sexta-feira, 15.

Alessandro chegou à prova como campeão mundial e campeão paralímpico, mas havia perdido o recorde mundial para o cubano naturalizado italiano Oney Tapia em 2018. Quando os lançamentos tiveram início, o italiano permaneceu apenas na rodada de abertura como primeiro colocado. O paulista suplantou-o na segunda tentativa e, na seguinte, lançou o disco a 46,10m para estabelecer o recorde mundial. A melhor marca do mundo que o italiano ostentava havia mais de um ano era três centímetros inferior.

"Toda prova quando se entra como favorito, como era o caso hoje [quarta-feira] aqui, a pressão vem em dobro, comigo não foi diferente. Mas nunca tento demonstrar, porque nós viemos para melhorar a marca e para a medalha ouro, se fosse o recorde melhor ainda. Mas ainda esperava que pudéssemos ir mais longe", comentou na zona mista.

Alessandro se tornou cego por conta da toxoplasmose. Conheceu o esporte paralímpico por meio de um ex-professor que o apresentou à prova de arremesso. Nasceu em Santo André há 35 anos, mas em 33 deles morou em Mauá, na Grande São Paulo, hoje está em Taubaté, onde defende a equipe Esporte Para Todos, da prefeitura local.

No primeiro dia da competição, 7 de novembro, Alessandro conquistou o bronze no arremesso de peso da classe F11. Ele chegou a 13,99m e foi superado pelo croata Miljenko Vucic (14,42m) e pelo iraniano Mahdi Olad, líder do ranking mundial, que arremessou o peso a 14,44m.

Ainda nesta quarta-feira, o Brasil disputará seis finais, das quais três têm mais de um representante brasileiro. O veterano Lucas Prado disputará a final dos 100m T11 e terá a companhia do fluminense Felipe Gomes - esta prova a partir das 11h36 (de Brasília). Outra final com dupla brasileira é a dos 200m T37 (paralisados cerebrais): Vitor de Jesus avançou com o melhor tempo, enquanto o jovem Christian Gabriel está com a quarta marca. 

Nesta manhã de Dubai, três brasileiras classificaram-se para a final dos 200m T11. Jerusa Geber, com o guia Gabriel Garcia, fez o segundo melhor tempo da semifinal, com 25s12. Em seguida veio Thalita Simplicio e Felipe Veloso com a terceira marca (25s25) e Lorena Spoladore e Renato Benhur com a quarta (25s51). As três já subiram ao pódio do Mundial de Dubai: Thalita foi ouro nos 400m T11, Jerusa e Lorena foi responsáveis por uma dobradinha nos 100m T11 com ouro e bronze respectivamente. 

Coincidentemente, em todas as vitórias brasileiras do T11 feminino, a chinesa Cuinqing Liu foi superada. Nestes 200m, contudo, ela fez o melhor tempo da semifinal com 24s71, estabelecendo recorde do Campeonato Mundial, que pertencia à mineira Terezinha Guilhermina, de Lyon 2013, com 25s74. 

O SporTV 2 transmitirá as finais ao vivo, a partir das 11h (de Brasília).

Confira, abaixo, os resultados dos brasileiros que competiram na madrugada desta quarta-feira, 13, sétimo dia do Mundial de Atletismo, em Dubai:

Final
lançamento de disco (F11): Alessandro Rodrigo - ouro

Eliminatórias
100m (T37): Verônica Hipólito – 8º lugar*
200m (T11): Lorena Spoladore – 4º lugar*
200m (T11): Jerusa Geber – 2º lugar*
200m (T11): Thalita Simpicio – 3º lugar*
200m (T47): Fernanda Yara - 8º lugar*
*Classificada para final 

Confira a programação dos brasileiros na tarde desta quarta-feira, 13 (horário de Brasília):
11h28 - Táscitha Cruz, final dos 100m (T36) 
11h36 - Lucas Prado e Felipe Gomes, final dos 100m (T11)
11h54 – Jerusa Geber, Thalita Simplicio e Lorena Spoladore, final dos 200m (T11)
12h02 - João Vitor Teixeira, final do lançamento de disco final (F37)
12h23 – Verônica Hipólito, final dos 100m (T37)
13h15 - Vitor de Jesus e Christian da Costa, final dos 200m (T37)
13h23 – Fernanda Yara, final dos 200m (T47)
13h32 - Vinícius Rodrigues, 100m (T63)

Patrocínio
O paratletismo tem patrocínio das Loterias Caixa e da Braskem. 
Compartilhe no Google Plus