Ninguém de fora da brincadeira: Professor pula corda com aluno cadeirante

Todos os professores merecem agradecimentos e reverências simplesmente por escolherem como carreira o nobre ofício de transmitir o conhecimento em um país que desvaloriza e desrespeita esses profissionais. Mas alguns deles conseguem ir além do que a profissão lhes exige, oferecendo sua garra, sua criatividade e seu brilho nos olhos para fazer a real diferença na vida de seus alunos. Um destes casos é o do professor João Hoffman, que dá aulas de Educação Física.

João é professor na escola pública Sítio I, em Taubaté, interior de São Paulo. Nesta mesma escola estuda Heitor, um menino de 7 anos, que é cadeirante.

No último dia 31, o menino viu algumas crianças pulando corda na quadra da escola e sentiu vontade de pular também. Com um gesto de carinho, João pegou Heitor no colo, e pulou corda junto com ele. O momento foi registrado em um vídeo, que posteriormente foi compartilhado pelo professor em suas redes sociais. Em poucos dias, o vídeo teve 700 mil visualizações e 16 mil compartilhamentos.

“Educação Física sempre foi uma aula que não era tão divertida, os professores acabavam deixando para lá porque ele é deficiente e não tinha como o incluir. Agora está sendo muito diferente. Os dias preferidos dele são terça e quinta, quando acontecem as aulas de Educação Física. O trabalho que o João faz é incrível”, disse Natália Nascimento Magalhães, mãe de Heitor.


João contou que, desde o começo do ano, tempo em que está com a turma, ele tenta fazer um trabalho inclusivo. Em outro momento, ele foi filmado brincando de pega-pega com o Heitor em suas costas.

O carinho e a dedicação deste professor com certeza marcará para sempre a trajetória do pequeno Heitor. Que o exemplo dele se espalhe por todos os lados. Gentileza, afinal, gera mais gentileza!

Com informações de CLAUDIA
CONTI OUTRA
Compartilhe no Google Plus