Guedes diz que economia brasileira não passa por choque externo

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Ministro participa de audiência virtual em comissão do Congresso 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (30) que o Brasil não está passando por choque externo por causa da pandemia da covid-19. Guedes participa de audiência pública virtual na Comissão Mista do Congresso de Acompanhamento das Medidas Relacionadas à Covid-19.

Segundo Guedes, as previsões iniciais de queda da economia neste ano eram de 6%, sendo que desse percentual um terço viria de impacto externo, gerado por queda das exportações e interrupção de comércio, entre outras. “E dois terços seriam da disrupção interna, pelo fato de fazermos o isolamento social, interrupção de cadeias de pagamento e desaquecimento”, explicou.

O ministro disse, no entanto, que o choque externo não está acontecendo. “As exportações para os Estados Unidos e para a Argentina, os dois maiores parceiros depois da China, caíram acima 30%. Para União Europeia caíram 2% [ou] 3%. Mas para a China, [as exportações] subiram 25%, 26%. Como a China é mais do que a soma de Estados Unidos, Argentina e União europeia, as exportações brasileiras estão inalteradas".

O ministro disse que se a queda da economia prevista inicialmente que era de 6% agora está em 4%.

Por Kelly Oliveira – Agência Brasil | Edição: Fernando Fraga
Compartilhe no Google Plus