Mulher sofre graves queimaduras após usar álcool em gel e cozinhar em Pau dos Ferros


Na noite deste domingo (31), uma mulher sofreu queimaduras pelo corpo ao acender o fogão após passar álcool em gel pelo corpo para se prevenir do Covid-19.

O incidente aconteceu na rua Tertuliano Sifrônio de Queiroz, do bairro São Vicente de Paula, em Pau dos Ferros. Ao ouvirem os gritos da moradora, vizinhos ligaram para a equipe do SAMU, que fez os primeiros socorros e conduziu a paciente para o Hospital Regional de Pau dos Ferros.

Segundo populares, a vítima sofreu queimaduras nas mãos, nos braços, cabelos e em outras partes do corpo, mas foi socorrida consciente e não corre risco de morte

As chamas causadas pelo álcool em gel são inflamáveis. Ele pega fogo, mas a diferença é que as chamas não são visíveis. Ele demora um tempo maior para consumir, e isso causa o risco de colocar fogo até na própria residencia.

Os cuidados em período de pandemia podem continuar, mas que o álcool em gel pode ser substituído dentro de casa, já que na residência lavar as mãos corretamente é o suficiente. O álcool deve ser utilizado em lugares onde não é possível lavar de forma certa, quando se está na rua, por exemplo.

Os acidentes podem ser comuns com pessoas que cozinham ou fumam. O cuidado deve ser redobrado com o álcool líquido 70%. O produto, que tinha venda proibida, foi liberado diante da falta de álcool em gel nas prateleiras. Diferente do em gel, as chamas aparecem com o líquido, mas a chance de acidentes é maior.

*Grupo Cidadão 190
Compartilhe no Google Plus