Tribunal de Justiça arquiva ação contra Padre Robson


Na tarde desta terça-feira (6), o Tribunal de Justiça de Goiás arquivou a investigação contra o padre Robson de Oliveira. O religioso tinha sido acusado de lavagem de dinheiro após investigações do Ministério Público de Goiás, por meio da Operação Vendilhões, apontarem que ele havia movimentado R$ 2 bilhões em 10 anos, por meio da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe).

A decisão desta terça foi tomada pelo desembargador Nicomedes Domingos Borges, acompanhado por unanimidade pela 1ª Câmara Criminal. As informações são do portal Correio Braziliense.

Com isso, fica reconhecido que não houve a qualquer ilicitude praticada pelo religioso, que sempre se dispôs a esclarecer toda e qualquer dúvida sobre a sua atuação na Afipe ou em qualquer outro âmbito de evangelização – declarou o advogado de defesa, Pedro Paulo de Medeiros.

Por Pleno News
Compartilhe no Google Plus