Ex de Whindersson Nunes se pronuncia sobre acusações de ter dado calote

Maria Lina se pronuncia sobre suposta dívida com faculdade: 'Me chamaram de caloteira'

Reprodução Instagram

Maria Lina Deggan usou suas redes sociais para se pronunciar sobre uma suposta dívida que teria com a Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) por falta de pagamento pelo curso de engenharia civil. Em uma sequência de Stories compartilhados em seu Instagram, a influenciadora disse que foi chamada de "caloteira".

De acordo com informações divulgadas pela colunista Fabia Oliveira, a influenciadora estava sendo processada pela instituição, onde começou a estudar em 2017, por conta de uma dívida de R$ 6,4 mil. O valor da causa ultrapassaria R$ 13 mil atualmente.

Maria Lina não desmentiu as dívidas, mas afirmou que todas foram pagas em 2020. "As minhas dívidas de faculdade foram absolutamente todas pagas em 2020, não sobrou um centavo para eu pagar. A notícia não era que eu tinha uma dívida com a faculdade. A notícia era que eu dei um calote e estava sendo processada porque não paguei a dívida. Me chamaram de caloteira, como se eu tivesse vivendo uma vida muito melhor do que vivia antes e não tivesse pago a minha dívida", disse.

Assim que viu a notícia sobre a suposta dívida, a influenciadora contou que procurou seu advogado, os dois ligaram para FURB, que confirmou os débitos. A ex-noiva de Whindersson Nunes contestou e enviou os comprovantes dos pagamentos realizados em 2020.

Matéria completa no R7
Compartilhe no Google Plus